Monte Minobu, um retiro para a mente e o espírito

André Amorim



Minobusan Kuonji, um santuário budista no alto de um monte às margens do rio Fujikawa, é um local repleto de belíssimos templos, pagodes e natureza. Ligado por um bonde turístico, no topo do Monte Minobu, está o Okunoin Shishinkaku, de onde é possível apreciar uma paisagem magnífica. Foi esse indescritível lugar que, há setecentos anos atrás, um monge budista escalou diariamente, por nove anos, para educar seus discípulos, rezar pelos seus parentes e mestres, segundo a lenda.









O monge, Nichiren Shonin, nascido em 1222, tinha o desejo de ser o homem mais sábio do Japão. Depois de ter sido ordenado como sacerdote, aos 16 anos, ele passou 14 anos viajando e debatendo sobre os ensinamentos do budismo nas escolas de seu tempo. Os quatro cedros que habitam Okunoin Shishinkaku até hoje, inclusive, foram plantados por ele. Entretanto, suas convicções sobre suas crenças, e as críticas que ele sustentou sobre as outras vertentes do budismo no Japão, lhe renderam exílios, perseguições e assassinatos de seus seguidores. A despeito de todas essas provações, ele nunca deixou de trazer os ensinamentos do Sutra do Lotus para auxiliar a nos livrar dessa vida de sofrimentos.





Apesar de Nichiren Shonin ter falecido em Tóquio, seu desejo era de que fosse enterrado no Monte Minobu. No monte, hoje, as principais edificações são: Kuonki, o templo principal; Soshi-do, um memorial em homenagem ao mentor espiritual Nichiren Shonin; o pagode Gojuno-to; Chogon, onde se recita diariamente um sutra pela paz mundial. A escada de acesso é um desafio por si só, tem 287 degraus, 104 metros de altura. Percorrê-la por inteiro para chegar ao templo simboliza a chegada ao nirvana (mas há também um elevador na ala oeste do estacionamento).
























Desse conjunto de edificações do Kuonki até a estação Okunoin o bonde leva cerca de 7 minutos para percorrer os 1,67km que os separa, perfazendo uma diferença de 763 metros.
No inverno, a primeira partida é às 9h; a última, da volta, realizada às 16:20, sempre em intervalos regulares de 20 minutos. O valor do ticket para o trecho é de 760 ienes e 1400 ienes para a viagem de ida e volta.


O Monte Minobu é privilegiado por ser um ponto de observação do efeito Diamond no pico do Monte Fuji, em meados de março e entre setembro e outubro. Também é conhecido por ser um dos melhores locais para se apreciar as cerejeiras no início de abril. Além disso, um grande número de visitantes sempre é esperado dos os anos para ver os primeiros raios de sol do ano novo. Mais informações sobre vias de acesso, horários de funcionamento e eventos podem ser acessadas aqui.

Instagram